8 Dicas para começar a trabalhar com Pedraria em Chinelos.

Dicas e Toques.
Não deixe de conferir algumas dicas bem interessantes que separamos especialmente para você!
chinelo pedraria passo a passo




Antes de iniciar o trabalho, as artesãs sugerem que a marca do produto, sobre uma das tiras, seja retirada com estilete. Além de dar acabamento ao trabalho, não atrapalha a customização.


Ao trabalhar com os chinelos decorados, tenha sempre por perto uma quantidade razoável de agulhas que normalmente quebram por conta da espessura do chinelo. As mais utilizadas são a de número 6 ou 7, por serem maiores ou então a agulha própria para miçangas.


Os chinelos merecem toda a atenção na hora do arremate. Nunca deixe os nós ou a linha muito grossos para não machucar os pés. Além de bonito deve ser confortável.


Pesquisa é a base para o bom desenvolvimento da criatividade. Visite feiras de artesanato e shoppings para saber das últimas novidades. Vale também adquirir revistas de moda e acessar sites relacionados. Treine seu olho para torná-lo mais crítico e assim aprender como foram feitos os detalhes.

Para a confecção dos chinelos, a espessura mais indicada do fio de náilon é 0,35 mm, por ser mais resistente e aguentar o atrito do pé. Outro detalhe importante é o uso de alicate de ponta chata para facilitar o bordado no chinelo, já que a tira de plástico dificulta um pouco a passagem da agulha.


Se na hora da produção você coloca uma miçanga errada, der um pontinho torto ou algo parecido, deixe a preguiça de lado e desmanche o trabalho para começar novamente. Lembre-se que o bom acabamento é a chave para o sucesso.


Trabalhar com material de qualidade é fundamental para a beleza das peças. As miçangas pintadas, por exemplo, não são muito indicadas por desbotarem rapidamente. Pode sair um pouco mais caro, mas o trabalho com qualidade não tem preço.


Quem trabalha com bijuterias sabe a gigantesca variedade de tons, tipos e tamanhos das miçangas e afins. Por conta deste universo maravilhoso, procure conter a empolgação, principalmente para quem está começando a trabalhar nesta arte. Apesar de ser normal não resistir a tanta coisa bonita, compre apenas o necessário para aquele trabalho. Para evitar desperdícios e gastos extras vá às lojas com uma lista e compre apenas o necessário.
revista pedraria mãos que criam n 35
Revista Mãos que Criam | Pedraria | Ano IV | nº 35
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário